Iniciada a construção da nova sede do CAPS Vazante

Assessoria de Comunicação Social

Projeto da nova sede do CAPS
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

“Para o gestor público, o respeito, a dedicação com ser humano deve estar acima de tudo. E isso se demonstra em ações de incentivo à educação, à Saúde Pública. Cuidando da nossa gente, no seu bem-estar físico, mental e social. Sim, nós investimos em obras. Dessas que melhoram a vida das pessoas.”

Assim o prefeito Dr. Jacques Soares Guimarães destacou a importância do início da construção de mais uma obra em Vazante. Desta vez, o CAPS — Centro de Atenção Psicossocial — que homenageará em sua fachada o juiz de paz José Cláudio de Oliveira Sobrinho, que faleceu em 2019.

Com processo licitatório homologado no início do ano, o prédio será construído em uma área de 440 metros quadrados e abrigará, além do local de acolhimento (recepção), dormitórios (masculinos e femininos) com banheiros, sala de atividades individuais e coletivas, sala de reuniões, posto de enfermagem e medicação; consultórios para médico, psicóloga e assistente social. Ainda haverá um grande refeitório com um espaço de convivência coberto e outro aberto, para a prática de exercícios. 

O CAPS de Vazante, hoje, conta com 67 usuários permanentes e 2100 atendimentos ambulatoriais, com 250 consultas, em média, mensais.  Eles são assistidos por um médico psiquiatra, uma enfermeira, uma assistente social, dois educadores físicos, uma técnica de oficina, duas técnicas de enfermagem, uma recepcionista, uma psicóloga (coordenadora), uma auxiliar de serviços gerais e um motorista.

O Centro de Atenção Psicossocial atua realizando o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários.

A nova sede proporcionará muito mais conforto e comodidade aos pacientes, profissionais e visitantes na realização de tratamento, encontros, atividades, oficinas e palestras.

Registre suas manifestações, reclamações, denúncias e sugestões (34) 3813-1130.

ATENDIMENTO